5 Dicas para construir um time de líderes em sua igreja

Quando construímos uma liderança ou um time que atuará em alguma frente, existem diferentes aspectos que devemos considerar para levar a visão de Deus sobre liderança para eles. Precisamos ser cuidadosos para selecionar pessoas certas para ocuparem posições de liderança do que meramente tapar buracos que futuramente virarão grandes dores de cabeça para todos os envolvidos. Então quais passos deveríamos tomar na construção de nossa equipe? Aqui vai 5 coisas para ter-se em mente.

  • A vida espiritual do líder. Esse é um ponto crítico para qualquer equipe que serve em um âmbito espiritual. Você precisa estar certo de que o líder que você está chamando possui seu próprio relacionamento com Jesus. Sua vida espiritual irá refletir em sua conduta e seu estilo de vida. Essas coisas refletirão seu caráter em ultima instancia. Se você falhar em todos os outros pontos, não erre nesse! Cristo é a cabeça da igreja, por isso é fundamental que um líder reflita Seu caráter e O tenha como centro de sua vida.
  • Lembre dos 3 C’s. Em seu livro Courageous Leadership, Bill Hybels identifica as três áreas chaves essenciais para todo o líder: Caráter, Competencia e Ciência (no sentido de química). Aqui vai uma pequena abordagem de cada um:

Caráter: Não é fácil de identificar um caráter nobre rapidamente e o interessante é que essa palavra está relacionada com outras duas com c: credibilidade e integridade. Podemos confiar nesse líder? Ele é integro? Ele realmente possuí uma fé genuína e uma grande paixão por Jesus? Como ele é visto por outros? Essas são perguntas que devem ser consideradas na escolha de um líder.

Competência: Esse líder realmente possui competência e talento para a função designada? É importante reconhecer esses potenciais ou a falta deles antes do líder exercer essa posição. Não se esqueça que muitas vezes ele pode não achar que está preparado, mas isso não significa que ele realmente não esteja ou que não tenha talento. Um claro exemplo é a conversa entre Deus e Moisés. Apesar de não estar preparado, Moisés era um grande líder.

Química: O líder realmente se encaixa com o grupo? Ele consegue tocar em uma banda/orquestra ou somente em “carreira solo”?  Apesar de muitos líderes serem talentosos, seus liderados não gostam de sua liderança por ser muito centralista. Isso pode prejudicar o rendimento de toda a equipe e trazer separação ao grupo. Seja inteligente e escolha um líder que consiga interagir respeitosamente com outros. Você, com certeza, terá muito mais sossego se escolher uma pessoa que encaixe nessa categoria.

  • Observe antes de escolher. Em vez de apenas chamar alguém para ser o líder por telefone ou em uma visita, observe atentamente essa opção nos programas da igreja. Convide ele para almoçar ou jantar em sua casa para conhecer ele melhor. Não tenha medo em gastar um pouco mais de tempo para fazer uma ótima escolha.
  • Mentor/Técnico. Esse ponto geralmente é deixado de lado, porém é muito importante se você realmente quer fazer uma equipe capacitada e ajudar formando novos lideres. Seu líder deve ser especialista em discipulado, deve se animar com a ideia de criar uma geração com potencial. Ele deve ser aquele que puxa oração a cada encontro, que possui bons relacionamentos e que mostra seu amor para os outros. Esse é o estilo de liderança cristã que realmente procura seguir o ensinamento de Cristo. Escolha um líder que ame a igreja, e seus liderados aprenderão nesse ponto também com ele.
  • Recursos. Muitas vezes, nós pastores, ficamos tão ocupados que esquecemos de uma função básica de um pastor. O que você tem feito para ajudar os líderes ou liderados da igreja? Se você quer que seu futuro líder tenha uma visão correta sobre liderança você não pode fazer diferente. Além de prepara-los corretamente, deve também se preocupar em equipá-los com os recursos necessários. Você talvez gaste 20 minutos depois ou antes de suas reuniões de planejamento com eles dando alguns CDs, DVDs, livros e materiais de apoio para eles.

Essas são algumas ideias, se tiver alguma outra, poste nos comentários!

Pr. Greg Pratt – Diretor de Ministério Pessoal e Discipulado – Associação South Queensland – Australia

  • Guilherme Schultz

    Bom artigo, porém o que fazer quando na igreja não temos lideres que amem a igreja e a vida espiritual não é exemplo?