Como recepcionar seus visitantes ao ponto que retornem no próximo sábado?

Como recepcionar seus visitantes ao ponto que retornem no próximo sábado?

Quando um visitante vem a uma igreja pela primeira vez, é importante que ele seja bem recebido. Além disso, o ambiente deve ser confortável, oferecendo uma maior oportunidade de conhecer e experimentar Jesus, auxiliando-o a criar laços com a comunidade. Então, quais seriam os passos que você deveria tomar para garantir que isso aconteça em sua igreja? Aqui você encontrará alguns passos que te ajudarão para que os visitantes retornem próximo sábado.

PASSO 1 – As boas vindas

Você alguma vez já pensou que a primeira impressão de seus visitantes já é construída a partir do estacionamento e não só na entrada da igreja? Acredite ou não, o estacionamento será decisivo para que suas visitas se sintam bem vindas. Então reflita sobre estes pontos:

Os visitantes encontram vagas para estacionarem perto de sua igreja? Existe uma sinalização adequada para mostrar onde ir no estacionamento? Existem alguém ajudando visitantes que não conhecem a área para saberem onde podem ou não estacionar? Existe algum tipo de boas vindas já no estacionamento? O que eles pensam quando andam nas instalações da igreja? O chão da igreja está limpo? A grama está cortada?

Esta parte de sua experiência de adoração as vezes pode desempenhar uma grande força na decisão deles em retornar ao local. Também mostra o interesse da igreja em receber novas visitas. Pergunte-se por que você tem um recepcionista na porta? Eles estão lá para membros ou para visitantes? Eles se destacam e são visíveis ou se misturam com todos os outros e ninguém os reconhecem? Um convidado, pela primeira vez, está procurando por alguém para obter instruções e informações sobre sua igreja. Embora todos os membros gostem de receber uma calorosa recepção, a principal prioridade dos recepcionistas está em fazer com que nossos hóspedes se sintam bem-vindos e fornecer-lhes informações e instruções à medida que entrem na igreja. Como você faz isso? A melhor maneira de receber alguém é sendo você mesmo, com um sorriso. Certifique-se que seus recepcionistas estão preparados para ajudar as pessoas e que podem não somente cumprimenta-las mas também encontrar membros que acompanhem os visitantes durante o culto. Não se esqueça de pedir para eles anotarem algumas informações da pessoa, para poderem enviar uma mensagem ou fazer uma visita durante a semana. Também outra excelente idéia é apresentar a pessoa à igreja, não somente o nome mas alguma outra informação que a faça pensar que realmente é especial na comunidade. Possa ser algo divertido como prato favorito ou como ela foi parar lá.

Não se esqueça que quando alguém está em uma experiência inédita, os cinco sentidos da pessoa se aguçam. É importante que tudo esteja limpo e arrumado e que a pessoa sinta que a igreja é um lugar especial. Isto inclui o cheiro nos banheiros, os tapetes (se estão limpos ou não) e as salas das escola sabatina. Lembre-se que tudo se resume a experiência de seus convidados.

 

PASSO 2 – Conecte-se

Você sabia que se um convidado interage com mais de 5 pessoas em sua primeira visita a igreja, a chance dele retornar aumenta drasticamente? O que isto significa? Que você e seus membros precisam procurar conhecer intencionalmente aqueles que não são membros da igreja aos sábado de manhã. Esta, sem dúvida, é a parte principal em sua meta de deixar seus convidados confortáveis. Não seja insistente ou falso, apenas um aperto de mão e alguma pergunta amigável poderá causar um enorme impacto sobre a impressão do convidado em sua igreja.

Junto com o bate-papo inicial, uma outra parte importante é o registro de informações básicas da pessoa, para que a recepção não se limite somente aquele momento, mas se estenda para durante a semana. Algum presentinho básico pode ser enviada para a casa da pessoa como um DVD ou um livro missionário assinado por alguns membros da recepção que o visitante já conhece.

 

PASSO 3 – Convite

Não deixe uma visita sem um convite para outro evento. Tenha sempre em mente algum tipo de evento especial e diferenciado que você possa convidar ela. Algum cartãozinho ou folheto pode ajudar a pessoa a se lembrar. Isto pode ser alguma apresentação musical, uma homenagem para alguém ou talvez até um almoço na casa de alguém ou um pequeno grupo durante a semana. Tente ser estrategista nesse momento. Não convide uma avó para uma noite de jogos ou um jovem para algum curso de culinária. Seja inteligente e criativo; se você não tem nenhuma programação que possa ser adequada para convidar seu visitante, é porque sua igreja realmente precisa de mais programações especiais!

PASSO 4 – Acompanhamento

A experiência deles não deve se findar somente no Sábado. Você deve garantir que sua igreja tenha algum sistema de acompanhamento efetivo e que ele funcione em poucos dias. Não se esqueça de preparar não somente a igreja como as classes de escola sabatina. Caso seja necessário, convide as visitas para comer em sua própria casa com alguns outros membros. Mas lembre-se que o convívio sera peça fundamental em sua missão.

Estas são algumas sugestões… Qualquer outra, por favor escreva nos comentários!

 

Pr. Greg Pratt – Ministerial da União Australiana

  • Mizael Isaltino

    Gostaria de fazer mais um comentário!

  • Mizael Isaltino

    teste do cão

  • Deborah Isaltino

    teste novo