25 de janeiro de 2018

A Oração Transforma Vidas

A Oração Transforma Vidas

Texto chave: Salmos 73:17

 

INTRODUÇÃO

  1. Asafe foi um dos principais músicos sob o governo de Davi;
  2. O Salmo 73 é o primeiro de um grupo de onze, ligados a Asafe;
  3. Neste salmo, ele trata do mesmo tema abordados pelos Salmos 37 e 49: Por que um Deus justo permite que o ímpio prospere e o justo sofra e seja afligido?

II. COM EFEITO DEUS É BOM

  1. O salmista apresenta sua visão a respeito de Deus;
  2. Ele usa a partícula hebraica ‘ak, que pode ser traduzida como “Agora”, “Certamente”, “Afinal”. Aqui ficaria melhor traduzido por certamente. Salmos 73:1;
  3. De fato, Deus é bom, e essa certeza não era somente de Asafe, o Salmista Davi também tinha essa compreensão: “Oh! Provai e vede que o Senhor é bom[…]”, o próprio Jesus afirmou isso em Mateus 19:17: “[…] bom só existe um[…]”.

 

III. O PROBLEMA DOS JUSTOS

  1. Asafe apresenta sua visão a respeito de si mesmo, percebe-se pela expressão: “Quanto a mim[…]” Salmos 73:2;
  2. O salmista está vivenciando um dilema espiritual terrível, pois está peregrinando pelo vale das dúvidas;
  3. Ele estava em perigo de completa apostasia por causa da inveja que sentia dos ímpios. Salmos 73: 3;

IV. A PROSPERIDADE DOS PERVERSOS

  1. O salmista apresenta sua visão a respeito dos ímpios;
  2. Ele descreve o comportamento arrogante, a ausência de sofrimento, o orgulho despótico e a zombaria deles para com Deus. Salmos 73:3-12;
  3. Asafe, chega à conclusão de que viveu uma vida justa em vão. Salmos 73:13;

V. ATÉ QUE ENTREI NO SANTUÁRIO DE DEUS

  1. A expressão “até que” indica que antes de entrar no Santuário de Deus, o salmista estava tendo uma visão distorcida a respeito de si mesmo, dos justos e dos ímpios. Salmos 73:17
  2. A solução para as dúvidas, e falta de compreensão do salmista está na sala de oração, no átrio do Senhor;
  3. Quando ele entra na presença de Deus em oração, sua percepção muda, suas dúvidas são tiradas, Salmos 73:18-27;
  4. CONCLUSÃO
  5. O salmista Asafe, apresenta Deus como o único capaz de nos libertar das visões distorcidas que temos a respeito de nós mesmo e do próximo. João 8:36;
  6. O amor de Deus é imutável, o salmista mudou sua concepção a respeito de si mesmo, dos ímpios, mas não de Deus.
  7. Deus continuou sendo bom. Salmos 73:28;

 

VI. APELO

  1. Só teremos uma clara percepção das coisas ao nosso redor, a partir do momento em que passarmos tempo na presença de Deus em oração.
  2. É no santuário de Deus em oração, que nossos preconceitos serão removidos, nosso coração será quebrantado, nossa vida será transformada e restaurada. Éfésios 3:14.
  3. É somente vivendo uma vida de oração que nossas batalhas pessoais serão vencidas. João 15:5

 

 

 

Adriano Pitombo

Estudante de Teologia no SALT – FADBA